Red é uma websérie brasileira lançada em 2014 que gira em torno do encontro entre as atrizes Mel Béart (Luciana Bollina) e Liz Malmo (Ana Paula Lima), que se conhecem durante as gravações de um curta-metragem e acabam levando para a vida real o envolvimento amoroso que viviam na ficção.

A história criada por Viv Schiller e Germana Belo é produzida com investimento baixíssimo e  surpreende por sua garra e tema. Explico: a garra se evidencia pela vontade de levar o projeto adiante mediante campanhas virtuais de ajuda financeira e inovação porque, infelizmente, ainda não é tão comum assim encontrar boas narrativas focadas em casais de mulheres na produção audiovisual brasileira. Red vem, assim, para suprir uma necessidade de representatividade sentida na pele dia a dia por mulheres homossexuais e, por isso, já merece espaço no Séries Por Elas.

njdcjnd

Mas não é só isso: a narrativa é bem construída, as atuações convencem – com um ou outro deslize – e o desenvolvimento é instigante. Outro ponto positivo para a série é a trilha sonora sedutora e envolvente. Não dá pra não se deliciar com as músicas meticulosamente escolhidas para cada novo episódio. Para os mais empolgados, a produção disponibiliza a trilha sonora tanto da primeira quanto da segunda temporada no Spotify. É só seguir as playlists!

É preciso alertar que em alguns momentos a produção tem ares caseiros, por exemplo, nos ruídos sonoros das cenas externas, mas quando o assunto é websérie é sempre preciso estar de peito aberto e compreender as limitações dessas produções que, na grande maioria dos casos, é feita com pouco dinheiro. Compreendendo este ponto e relevando as falhas técnicas fica bem fácil de apaixonar pelo roteiro e entrega das atrizes em cena.

A produção soube aproveitar bem, visualmente falando, a ambiguidade da série ter personagens que são atrizes e que atuam em seus papéis fictícios. Com isso, muitas vezes não dá pra saber ao certo se o momento mostrado é a ficção da ficção ou a vida real da ficção. Uma bela sacada!

Atualmente a produção conta com duas temporadas e 16 episódios, sendo que o primeiro deles já passou de 200 mil visualizações. A terceira temporada da websérie, bem como a segunda, foi realizada com a ajuda do público que abraçou o projeto desde sua primeira temporada. Campanhas realizadas nas plataformas Catarse e Indie Gogo atingiram a meta

Desde o final do ano passado, a websérie fechou uma parceria com a plataforma STUDIO+! Por isso, os episódios antigos ficaram por um tempo indisponíveis no Vimeo – plataforma inicial escolhida pela produção para divulgação da história – mas já voltaram e podem ser assistidos aqui. Então agora é possível acessar o conteúdo possível acessar o conteúdo no aplicativo Studio+, desenvolvido pela empresa Vivendi, que é responsável pelo Canal+ e Universal Music.

Acompanhe Red no Vímeo, Facebook e Twitter.